Joseph Quinn foi capa da ES MAGAZINE para o mês de setembro de 2017 e pode falar um pouco mais sobre seu trabalho e a peça de teatro Mosquitoes.

Confira a tradução da entrevista e scans da revista e da entrevista abaixo:

‘De Stockwell, Quinn entrou para a atuação porquê ‘Eu não precisava de notas A pra entrar pra faculdade de atuação‘. Após um período em LAMDA, o ator de 23 anos atuou como Arthur Havisham em Dickensian da BBC em 2016 e o trabalho em dramas de época continuou mais tarde no ainda em 2016 ao atuar como o pobre Leonard Bast na adaptação de Kenneth Lonegam do clássico Howard’s End de EM Forster. Atualmente ele está de volta, estrelando a produção esgotada no Teatro Nacional de Mosquitoes, ao lado de Olivia Williams e Olivia Colman, uma de seus ídolos. ‘Eu não conseguia falar com ela pelos três primeiros dias porque eu estava só olhando pra ela e pensando. “É a Sophie de Peep Show!”‘.

Em seu tempo livre, é tudo sobre o teatro (ele cita Angels in America como um favorito recente e diz que conheceu Andrew Garfield do lado de fora do bar The Understudy, quando estávamos ambos bêbados) e passa muito tempo passeando em ‘Brixton, Peckham, Soho. Tão cliché. Dolorosamente millennial’.

O que você faz pra entrar em forma pra performar?

Antes de Mosquitoes eu estava em impecável forma, mas o meu personagem de 17 anos não se importa com sua estética corporal, então eu meio que deixei isso pra lá. É pelo papel!

Confira scans da revista e da entrevista clicando em qualquer miniatura abaixo:

Post arquivado em Entrevista
Publicado por Joseph Quinn Brasil